domingo, 10 de julho de 2011

"Sobre tudo o que deve guardar, guarda o teu coração."


João Cruzué

Café com Jesus 

Somos muito influenciáveis. Um pouco de muitos e não nos damos conta de que velejamos por uma corrente que pode chegar onde não imaginamos. Esta geração é caracterizada pela liberdade de opinião e pela velocidade das mudanças como torrentes e grandes ondas de incertezas e medo metamorfoseado. O que nós somos? O que nós fomos? Podemos ser felizes?

A cruz é inevitável. Os mal-entendidos também. A falta de planos, os planos utópicos, as coisas que não são mais possíveis de consertar. Não há como voltar no passado, pois não existe máquina do tempo nenhuma. A única máquina que existe são nossos sonhos e imaginação que pode voltar ou avançar dentro de nossos pensamentos.

Podemos ser felizes? Como cristão, meu conceito de felicidade passa por Jesus Cristo, pelo Espírito Santo de Deus... e os vários atos protagonizados pelos personagens bíblicos. Felicidade para mim é poder estar envolvido com alguma coisa relacionada com atividades cristãs.

Eu me lembro de quando andei por um deserto de onze anos de desemprego e naveguei por uma crise de privações. E no final dela fui recolher literatura usada para mandar para a igreja do cárcere nas prisões do estado de São Paulo. Tínhamos muita falta de coisas comuns em casa, mas eu me sentia muito alegre com a missão que estava tocando. Eu tinha certeza de que aquilo era um presente de Deus para que fizesse. E quando eu estava fazendo aquilo que o Espírito de Deus queria que eu fizesse, sua alegria era a minha força.

Não há perfeita felicidade nem alegria duradoura no coração de uma pessoa se ela não estiver envolvida com alguma ação de amor ao próximo. Nós viemos ao mundo para ser a expressão do amor de Deus. A pessoa certa, no momento certo, para levar uma palavra, um livro, um gesto, um moeda, um agasalho, um sorriso, um copo de água para alguém com uma necessidade ou um coração quebrantado. Deus existe, porque seus filhos adotivos são a única prova de sua existência. O amor existe, então existe Deus.

Vejo, leio, e sinto muita frustração, decepção e tristeza ao meu redor. Eu não posso deixar de notá-las. Corações quebrantados. Mas mesmo com um coração quebrantado, você pode dar. E Paulo citou o Senhor Jesus Cristo: "Melhor coisa é dar, do que receber".

Nenhum comentário:

Postar um comentário